domingo, 7 de novembro de 2010

2. Conceito: Tudo. Por vezes, quando perguntamos a alguém o que estariam dispostos a arriscar por um sonho, essa pessoa responde: tudo! Será verdade? Será que conseguiriam abdicar de tudo o que têm?
Eu também tenho um sonho. Um grande sonho. O sonho do cinema, das luzes, câmara e acção, o sonho dos Óscares e de uma vida por detrás das câmaras observando o mundo por uma ocular, o sonho de Hollywood, de Paris, de Londres e de Nova Iorque. Mas para isso é necessário abdicar. Não de tudo, mas de muita coisa. Se seria capaz de arriscar a minha famíla, a minha ciade, a minha casa, os meus amigos por isso? Não sei, lá está, tudo não, mas muita coisa sim. Porque o sonho pode ser muito grande, mas não há nada melhor do que ter um lar para o qual voltar no fim do dia.

Sem comentários:

Publicar um comentário