domingo, 5 de junho de 2011

Quando falamos em artistas, à nossa mente vêm pessoas que nos habituamos a ver ou a ouvir, cujas caras nos são familiares, tanto quanto os seus nomes. Porém, existem mais centenas de artistas. Artistas cujos nomes, caras e vozes nos são estranhos, mas a quem devemos respeito e também uma certa dose de admiração por criarem elementos que de tão familiares nos são, que acabamos por ignorar.
Neste caso, falo das bordadeiras.
Centenas de mulheres que produziram e produzem  cultura portuguesa.



Tapetes de Arraiolos


Bordados de Nisa e de Viana

Lenços dos Namorados

Sem comentários:

Publicar um comentário