domingo, 3 de abril de 2011

Exploração de Ideias


Ideia inicial para a sequência de retratos: na primeira foto uma criança sentada no chão com um candeeiro ao lado; na segunda uma mulher com um vestido de gala rasgado (para representar a incerteza do futuro) também com o candeeiro; e na terceira apenas o candeeiro, para representar o presente que tinha que viver.


Ideia seguinte: na área vidrada da escola, uma rapariga a representar o futuro no lado de lá; uma rapariga a representar o passado no lado de cá; e no fim, as duas, de cada lado do vidro, frente-a-frente, como se a sua junção fosse aquilo que o presente simbolizava.



Nesta sequência a ideia que tive foi perante um espelho, a rapariga do futuro e a do presente e verem o seu reflexo; no segundo retrato o mesmo cenário, mas com a rapariga do passado; na fotografia final, apenas a rapariga do presente, simbolizando a mesma ideia da primeira sequência: o presente tem que ser vivido única e exclusivamente por mim.


Na última exploração, as ideias mantiveram-se na mesma linha: no primeiro retrato a rapariga do presente de costas a observar a rapariga do passado no lance de escadas a baixo; a mesma ideia para o segundo, mas desta vez com a rapariga do futuro num lance de escadas a cima; no último retrato a ideia era a mesma da segunda sequência, ora, a rapariga do passado e a rapariga do futuro lado a lado, como que unidas.

Sem comentários:

Publicar um comentário